Home Dicas de Estudo Faxina mental: mantenha a cabeça no que realmente importa

Faxina mental: mantenha a cabeça no que realmente importa

335
0
Compartilhe
Faxina mental: mantenha a cabeça no que realmente importa
Faxina mental: mantenha a cabeça no que realmente importa

Você já ouviu falar em higiene mental? Às vezes fazer uma “faxina na cabeça” pode ser tão importante quanto limpar o quarto ou escovar os dentes. Isso ajuda a retomar o foco após momentos de cansaço e distração. Continue conosco para saber como se livrar dos pensamentos bagunçados.

A importância da higiene mental nos estudos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que uma pessoa saudável não é apenas alguém livre de doenças. Para se ter uma vida plena, é preciso garantir um completo bem-estar físico, mental e social.

A parte física talvez seja mais fácil de perceber. Ela está relacionada às condições básicas de conforto e higiene em casa, como um chuveiro quente, uma poltrona ergonômica e um ambiente adequado para os estudos. Também diz respeito às dores e às lesões por esforço repetitivo, que podem ser atenuadas com exercícios laborais.

Mas e a cabeça, como fica? Emoções em desequilíbrio geram consequências negativas a quem está se preparando para concurso público. A ansiedade atrapalha a concentração. O esgotamento cognitivo derruba a produtividade. E, quanto mais tempo se passa nesse estado, maiores são as chances de se desenvolver depressão.

É por isso que a faxina mental é tão necessária. Assim como tomamos banho, lavamos a louça ou varremos o chão, precisamos reservar um pedaço do dia para limpar a cabeça. Esse cuidado contribui para recuperar a energia e organizar melhor as ideias.

Saiba mais: Precisamos falar da saúde mental dos concurseiros

Dicas para fazer uma faxina mental completa

Agora que já falamos sobre a importância da higiene mental, vamos a dicas para pô-la em prática. Afinal de contas, tirar a bagunça da mente às vezes não é tão óbvio quanto lavar as mãos ou aspirar o pó do tapete. Confira!

  1. Identifique suas dores emocionais

Quando sentimos dor física, é sinal de que há algo errado com o corpo, certo? A cabeça funciona de um jeito parecido. Angústia, falta de concentração e fadiga excessiva podem indicar que algo não vai bem. O jeito é exercitar a inteligência emocional para reconhecer esses sintomas.

  1. Controle o estresse

Existem mecanismos reconhecidamente úteis para atenuar o estresse. Entre eles estão as atividades físicas, o sono regular e uma dieta equilibrada. Com uma rotina saudável, você evita que a tensão e os pensamentos negativos dominem a sua mente.

  1. Proteja sua autoestima

A motivação de quem estuda para concurso público pode ficar abalada, em especial após sucessivas reprovações. Porém, nunca se entregue ao desânimo. Lembre-se de seu potencial e de todo o esforço empregado na jornada. Seus erros devem se tornar aprendizados para você aprimorar suas habilidades.

  1. Livre-se das relações tóxicas

Já reparou como se comparar aos outros pode ser ruim? Cansou de acompanhar a vida “perfeita” de quem você segue nas redes sociais? Talvez seja hora de cultivar relações mais construtivas. Pessoas tóxicas nos põem para baixo.

  1. Arranje tempo para o que importa

A qualidade do estudo interessa mais que a quantidade de horas dedicadas a cadernos e apostilas. Lembre-se de que nem só de aulas, leituras e simulados se faz a vida. Para uma higiene mental completa, você tem que se desligar das atividades intelectuais de vez em quando.

Reserve tempo para conversar com os amigos, assistir àquela série favorita ou fazer qualquer coisa que valha a pena. Assim seu cérebro descansa e fica pronto para um novo dia.

Saiba mais: Dicas para organizar o tempo e otimizar os estudos

E aí, tudo pronto para sua faxina mental? Esperamos que as dicas de hoje tenham sido úteis. Se você gostou do conteúdo, aproveite para assinar nossa newsletter gratuitamente. Em breve enviaremos outras dicas de preparação para concurso público. Até lá!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.