Home Dicas de Estudo Como estudar matemática e raciocínio lógico para concurso

Como estudar matemática e raciocínio lógico para concurso

904
0
Compartilhe
Como estudar matemática e raciocínio lógico para concurso
Como estudar matemática e raciocínio lógico para concurso

Hoje vamos falar das questões de matemática e raciocínio lógico em concurso público. Trata-se de um conteúdo comum na maioria dos certames. Portanto, se você nunca gostou de solucionar cálculos na escola, está na hora de correr atrás do tempo perdido. Acompanhe as dicas a seguir e veja o que fazer.

Como estudar matemática para concurso público

A matemática que cai em concursos públicos geralmente engloba os tópicos básicos. São aqueles fundamentos que aprendemos no Ensino Fundamental e no Ensino Médio: conjuntos numéricos, álgebra, geometria e assim por diante. Dependendo da natureza do cargo, também pode haver ênfase em cálculo de juros ou probabilidade.

Quem concluiu os estudos há algum tempo talvez tenha dificuldade em retomar esses assuntos. Isso porque, convenhamos, poucas pessoas lidam com matrizes ou equações no dia a dia. É desse motivo que vem nossa primeira dica: comece do começo.

Sim, o segredo para dominar equações complexas é entender as operações básicas (adição, subtração, multiplicação e divisão). Antes de se aventurar pela estatística e pela análise combinatória, certifique-se de que você se lembra da tabuada. Saber o “feijão com arroz” será essencial para resolver problemas mais complexos.

Depois, pratique, pratique e pratique mais um pouco. Estudar matemática vai além de compreender a teoria. Apenas os exercícios práticos ajudarão você a ganhar agilidade de raciocínio. Lembre-se de que o certame tem horário para acabar, então é preciso responder às questões com certa rapidez.

Saiba mais: Quanto tempo gastar em cada questão da prova?

Outro ponto importante: faça as contas à mão. Calculadoras e outros dispositivos eletrônicos são proibidos nas salas de aplicação da prova. Sendo assim, você não deve depender dessas facilidades.

Pode ser que os primeiros dias de preparação pareçam difíceis. No entanto, aos poucos, a gente vai absorvendo o conteúdo e ganhando ritmo para resolver mais questões em menos tempo. Caso você precise de ajuda para manter o foco, recorra à meditação ou às técnicas de produtividade que já ensinamos aqui no blog.

Raciocínio lógico não é só matemática

Uma prova de raciocínio lógico em concurso público não testa somente as habilidades matemáticas do candidato. O objetivo é verificar se a pessoa consegue perceber quando um discurso está correto.

Aqui vai um exemplo clássico de enunciado. Digamos que todas as frutas sejam vegetais. Maçã é uma fruta. Logo, maçã é um vegetal. Certinho, né?

Agora vamos trocar as palavras por seres imaginários. Digamos que todos os tefleros sejam clósbos. Punclob é um teflero. Logo, punclob é um clósbo.

Ficou mais complicado? Bem, mas a lógica é exatamente a mesma. Tudo o que você deve fazer é analisar a correlação entre as partes.

Existem diversas maneiras de estimular o pensamento lógico no dia a dia. Há materiais voltados exclusivamente para concursos públicos, baseados em provas anteriores. Porém, você também pode recorrer às charadas e aos testes de lógica das revistinhas de passatempos.

O importante é treinar um pouco a cada dia para manter a mente afiada. E não se deixe sobrecarregar!

Sugestão final: organize um plano de estudos que intercale as matérias. Um pouco de Matemática, um pouco de Língua Portuguesa, um pouco de Direito Constitucional e, progressivamente, você terá todo o conhecimento necessário para a aprovação.

Quer mais dicas de como se preparar para concurso público? Então assine nossa newsletter e receba conteúdo gratuito em sua caixa de entrada. Até a próxima!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.