Home Dicas de Estudo Dicas de pontuação para melhorar ainda mais seu texto

Dicas de pontuação para melhorar ainda mais seu texto

415
0
Compartilhe
Estabilidade: privilégio ou direito do servidor?
Estabilidade: privilégio ou direito do servidor?

Se você acha que pontuação serve apenas para marcar as pausas do discurso, precisa acompanhar este post. Na verdade, sinais como a vírgula e os dois-pontos obedecem a regras de sintaxe bem racionais. O segredo está em entender a lógica do idioma para pontuar as frases corretamente.

Tal conhecimento vai lhe abrir duas importantes portas. A primeira é a compreensão mais profunda da Língua Portuguesa, habilidade imprescindível para se dar bem nas provas de concurso público. A segunda é a elaboração de um texto mais adequado à gramática normativa, o que pode garantir uma boa classificação em processos seletivos com redação e questões discursivas.

Regras de pontuação: vírgula é muito mais que pausa

Um erro muito comum das pessoas que não dominam as regras de pontuação consiste em usar vírgula para separar sujeito e verbo. Por exemplo, observe a seguinte frase:

“Os conflitos internos entre a equipe de Marketing e o setor de vendas levaram a uma campanha malsucedida.”

No caso acima, a tendência de muita gente seria incluir uma vírgula depois de “vendas”. Essa necessidade inexiste. Por mais longa que seja a extensão do sujeito, não se deve marcar a pausa da fala com um sinal gráfico.

As vírgulas existem para destacar complementos verbais, enumerar itens ou identificar elipses, entre outras funções. A pontuação equivocada, além de empobrecer o texto, pode atribuir um sentido completamente diferente à oração. Portanto, você deve estudar esse elemento em detalhes – até porque algumas aplicações são opcionais.

Precisa, mesmo, usar ponto e vírgula?

Outro detalhe importante é o uso de ponto e vírgula. Esse sinal de pontuação separa orações coordenadas, ou então orações de sentidos diferentes. Um exemplo simples seria este:

“Eu prefiro sorvete; meu namorado, chocolate.”

Ainda, há o emprego em documentos oficiais para separar itens de uma enumeração. Saber dessas regras será necessário especialmente quando a banca do concurso apresentar um nível de exigência mais alto nas provas de Português.

A rigor, no entanto, não se recomenda utilizar ponto e vírgula no dia a dia. Trata-se de um elemento pouco usual, quase pernóstico. Embora gramaticalmente correto, ele pode ser substituído por construções frasais mais simples, com vírgulas e pontos finais. Portanto, nas questões dissertativas, procure evitar esse recurso.

Ainda nem citamos os dois-pontos. Como aprender pontuação?

Nós poderíamos estender o post de hoje por parágrafos e mais parágrafos. Faltou citar diversas funções das vírgulas, bem como as aplicações corretas de dois-pontos.

Quer entender a fundo esse conteúdo? Então prepare-se: o professor Andresan elaborou o e-book Tudo o que você (realmente) precisa saber sobre pontuação.

O material gratuito conta com explicações precisas e bem sucintas. Você vai aprender sobre vírgula, dois-pontos e ponto e vírgula a partir de vários exemplos. De quebra, ainda recebe exercícios para testar suas habilidades gramaticais.

Não perca tempo! Baixe agora mesmo nosso e-book sobre pontuação para dominar as regras de uma vez por todas. Seu desempenho nas provas de Língua Portuguesa avançará bastante e seus textos ficarão muito melhores.

Aproveite, também, para se inscrever gratuitamente em nossa newsletter. Assim, você recebe mais informações sobre preparação para concurso público. Até a próxima!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.