Home Dicas de Estudo Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso

Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso

213
0
Compartilhe
Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso
Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso

Nem Língua Portuguesa, nem Legislação: às vezes a pressão psicológica é o maior obstáculo na preparação para um concurso público. Há a cobrança da família, a ansiedade pelo lançamento do edital e até a sensação de que não vai dar tempo de estudar tudo antes do dia da prova. E aí, o que fazer?

Organização nos estudos ajuda a aliviar a pressão psicológica

Em primeiro lugar, tenha em mente que os estudos são um processo. Ninguém aprende o conteúdo inteiro de uma vez.

Você terá que organizar sua agenda para estudar um pouquinho a cada dia. O número de horas não importa. O que interessa é ler a apostila com calma, realizar os exercícios e revisar quantas vezes for necessário para fixar a matéria na cabeça.

Estabeleça pequenas metas diárias, como “resolver 10 exercícios” ou “ler 10 páginas da apostila”. Aos poucos, você notará o progresso e ganhará mais autoconfiança.

Controle as expectativas: passar de primeira é exceção à regra

Outro ponto importante diz respeito às expectativas pela aprovação. Jamais deposite todas as suas fichas num único certame. A pressão psicológica para passar ficará maior, o que pode atrapalhar seu desempenho.

Além disso, mesmo que você tenha estudado bastante, o ambiente com fiscais de prova e outros candidatos ao redor sempre intimida. Portanto, vale a pena participar de vários concursos para ganhar experiência. Assim, seu nível de conforto no “dia D” tende a aumentar.

Ah, e nada de desanimar por causa das reprovações, ok? Cada tropeço da caminhada vira um ensinamento para acertar na próxima tentativa.

Apoio dos amigos e da família é essencial

Quem estuda para concurso até consegue ter vida social, mas acaba abdicando de momentos com a família e os amigos. Pois são justamente eles que dão apoio nas horas difíceis.

Quando o cansaço bater à porta, chame alguém de seu agrado. Explique por que você sumiu das festas e das redes sociais, já que seu foco está em outra área.

Depois, conversem sobre qualquer assunto que ajude a distrair a mente. Esse contato com gente querida será ótimo para sua saúde mental.

E fuja das pessoas negativas. Cobranças para passar logo na prova ou comparações com candidatos que já conquistaram uma vaga pública são desnecessárias. Lembre-se: cada indivíduo faz a própria história.

Pressão psicológica e ansiedade: busque auxílio profissional

É natural sentir ansiedade, principalmente se aquele edital tão aguardado demora a sair. Os boatos alardeando que o governo vai cancelar concursos tampouco tranquilizam estudantes.

Para afastar as aflições, busque alternativas que acalmem os ânimos. Pode ser atividade física, um hobby artístico ou mesmo meditação.

Agora, se essas “válvulas de escape” não forem suficientes, procure orientação psicológica. A terapia é um caminho legítimo para quem apresenta sinais de esgotamento intelectual e estresse. Inclusive, o apoio profissional evita que esses sintomas evoluam para quadros mais graves de pânico, depressão e Burnout.

Gostou do artigo? Esperamos que as dicas de hoje sejam úteis para diminuir a pressão na sua rotina de estudos. Aproveite para clicar nos links e se aprofundar nos temas de seu interesse!

Precisando de mais informações sobre concurso público, assine nossa newsletter. É grátis.

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.