Home Dicas de Estudo Água: o melhor combustível para os estudos

Água: o melhor combustível para os estudos

637
0
Compartilhe
Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso
Alivie a pressão psicológica da preparação para concurso

Nem café, nem Ritalina: o verdadeiro combustível para os estudos é a água. Isso mesmo! Esse líquido precioso pode fazer maravilhas pela sua concentração. Fique conosco para saber quantos copos você deve tomar por dia (e confira uns truques para incorporar esse hábito à rotina).

Por que beber água é bom para os estudos

Nosso corpo é 90% formado por água. Logo, a hidratação adequada faz o organismo funcionar corretamente. Ela oxigena os órgãos, limpa toxinas e fornece sensação de bem-estar.

Entre as muitas funções que desempenha, o líquido ajuda a conduzir os impulsos eletroquímicos do cérebro. Isso significa que quem bebe água pode aprender com mais rapidez. Afinal, há um ambiente favorável às sinapses e à consolidação do conhecimento.

Diversos estudos corroboram essa informação. Por exemplo, uma pesquisa conduzida por cientistas da Universidade Northeastern, nos Estados Unidos, avaliou o desempenho de crianças entre 9 e 11 anos. Os testes envolviam tempo de reação, memória e capacidade de realizar tarefas simultaneamente. Resultado: quem ingeriu doses adequadas de água se deu melhor, em comparação a quem bebeu menos.

Outra investigação, da Universidade do Leste de Londres, apontou algo parecido. Pessoas adultas que tomaram 500 ml de água antes de tarefas intelectuais tinham reações, em média, 14% mais rápidas.

Uma hipótese é que a sede tira a atenção do indivíduo, atrapalhando seu rendimento. Outra possível explicação seriam, justamente, as consequências da desidratação.

A água contribui para a circulação sanguínea, levando oxigênio e nutrientes até o cérebro. É esse movimento que garante energia para as longas horas de estudos. Portanto, sem líquido, a simples leitura de uma apostila pode se transformar num esforço penoso. Você se cansa mais rápido e, com a tensão acumulada, ainda pode desenvolver crises frequentes de enxaqueca. Contraproducente, né?

Como incorporar o hábito de beber água aos estudos

Mas e quanto ao tais oito copos d’água por dia, que seriam obrigatórios para todo mundo? Na verdade, a quantidade necessária varia de acordo com diversos fatores. Se você praticou atividade física, se o dia está quente ou se sua dieta contém muito sal, a demanda pelo líquido pode aumentar.

Na dúvida, observe a cor de sua urina. Sério! Quando o xixi está escuro, é sinal de que falta hidratação no organismo. A coloração recomendada é o amarelo-claro.

“Ah, mas eu me concentro demais nos estudos e acabo me esquecendo de tomar água”, alguém vai dizer. Nesse caso, vale apelar para uns macetes.

Primeiro, sempre tenha uma garrafa de água por perto. Nada de refrigerante, suco ou bebidas açucaradas, já que elas não são tão eficientes para repor líquido.

Sendo necessário, programe alarmes no celular de meia em meia hora. Assim, você se lembra que é hora de beber mais uns goles – e aproveita para descansar por uns minutinhos, como recomenda a Técnica Pomodoro.

Também existem aplicativos para smartphone que auxiliam na tarefa. Além de disparar lembretes, eles calculam a meta diária de ingestão de água com base no seu peso corporal.

Curtiu? Esperamos que o conteúdo de hoje tenha sido útil. Se quiser mais dicas de preparação para concurso público, cadastre-se em nossa newsletter. É grátis!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.