Home Cursos e Concursos TJ/RS: Concurso para Oficial de Justiça, classe PJ-H, aguarda definição da banca

TJ/RS: Concurso para Oficial de Justiça, classe PJ-H, aguarda definição da banca

182
0
Compartilhe

Um dos certames mais aguardados para os próximos meses é o concurso para Oficial de Justiça, classe PJ-H, do TJ/RS. Com vagas destinadas a comarcas no interior do Estado, a prova deve selecionar pelo menos 24 novos servidores, além de criar um importante cadastro de reserva para o órgão. Fique conosco e confira os detalhes.

Concurso para Oficial de Justiça, classe PJ-H, do TJ/RS

A seleção para oficiais do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul foi autorizada em 26 de março de 2019 pelo Conselho de Magistratura da entidade. Desde então, os candidatos esperam notícias. É que a banca organizadora ainda não foi definida e, por isso, tampouco há edital.

Essa demora se deve à pandemia de Covid-19, que desacelerou os trabalhos internos do setor público em 2020. Porém, quanto mais longa é a espera, mais perto estamos de divulgar novidades.

Vale lembrar que o último concurso para Oficial de Justiça da classe PJ-H ocorreu em 2014. Ou seja: o prazo de vigência expirou, impedindo o TJ/RS de contratar servidores enquanto não houver nova prova. O problema é que, nesse meio-tempo, muitos trabalhadores se aposentam e, assim, o quadro de funcionários fica em déficit.

Para você ter uma ideia, mais de 100 cargos estão vagos nas comarcas do interior do Estado. Isso significa que, além das 24 vagas inicialmente autorizadas, o Tribunal provavelmente vai chamar pessoas da lista de reserva, conforme a ordem de classificação no certame. Baita oportunidade, hein?

A expectativa é que a banca organizadora do concurso do TJ/RS seja divulgada até o fim do ano. Desse modo, a seleção ocorreria no primeiro semestre de 2021, tendo validade até 2025 (já considerando a prorrogação de dois anos da vigência).

Como se preparar para o concurso do TJ/RS

O Oficial de Justiça é responsável por cumprir, pessoalmente, mandados e diligências. Ele faz pregões, citações, notificações, intimações e demais tarefas determinadas nos regulamentos do órgão. Além disso, pode atuar em prisões e penhoras, bem como lavrar certidões e autos.

Todas essas atribuições demandam conhecimentos específicos e de Legislação, que compõem boa parte da prova. O concurso de 2014 também continha questões de Língua Portuguesa e de Informática.

A partir dessas informações, você consegue estudar antes mesmo do lançamento do edital. Basta recorrer às provas e às chamadas públicas anteriores para conhecer o conteúdo programático exigido. Ainda que o novo certame tenha um estilo diferente, o conhecimento básico continua o mesmo.

A ajuda especializada de um curso preparatório também deixa você mais perto da aprovação. Aqui no Andresan – Cursos & Concursos, contamos com uma equipe de professores altamente qualificada. Nossas aulas são dinâmicas e vão direto ao ponto, esclarecendo as principais dúvidas dos estudantes.

Quer saber mais? Então conheça nossos cursos presenciais e nossos cursos EAD. Oferecemos, inclusive, uma opção grátis para você ter um gostinho de como é estudar Português com o professor Andresan Machado. Não perca essa chance!

Aproveite, ainda, para se inscrever gratuitamente em nossa newsletter. Em breve, traremos dicas de estudos e outras novidades voltadas a quem quer se preparar para a carreira pública. Até lá!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.