Home Cursos e Concursos Concursos 2020: PF e PRF estão na mira. Saiba o que estudar!

Concursos 2020: PF e PRF estão na mira. Saiba o que estudar!

153
0
Compartilhe

A pandemia adiou muitos projetos em 2020. Entre eles, a realização de grandes concursos nacionais, como as provas para a Polícia Federal e para a Polícia Rodoviária Federal.

Embora haja expectativas de que os editais saiam em breve, ainda não há confirmação oficial. E isso gera sentimentos antagônicos. Se, por um lado, aumenta a ansiedade pela confirmação do certame, na outra ponta você ganha mais tempo para se preparar.

Saiba mais: Domine sua ansiedade até o lançamento do edital

Quer conhecer detalhes sobre esses concursos públicos? Então siga conosco. Vamos explicar quais são as matérias previstas para o conteúdo programático.

Concurso PRF pode acontecer ainda em 2020

A comissão para o próximo concurso da Polícia Rodoviária Federal já está formada. Esse grupo tem a missão de elaborar o projeto básico para a contratação da banca organizadora. Com a aceleração dos trâmites, é possível que o edital saia ainda neste ano.

Prevê-se a abertura de 2.634 vagas para policial rodoviário (nível superior) e outras 138 para agente administrativo (nível médio). Com base em provas anteriores, as matérias cobradas serão Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Ética no Serviço Público, Geopolítica Brasileira, História da PRF e Legislação de Trânsito, além de noções de Direito e outros temas específicos.

Saiba mais: É possível estudar antes do lançamento do edital

Vale lembrar que as questões objetivas são apenas a primeira etapa do processo. Quem passa nessa fase ainda tem que se submeter a prova discursiva (redação), teste de aptidão física, avaliação psicológica, prova de títulos e investigação social, todos de caráter eliminatório. (Clique nos links e saiba mais sobre cada procedimento.)

Atualmente, a remuneração inicial de um policial rodoviário federal é R$ 9.899,88. Também há benefícios como o auxílio-alimentação (R$ 458,00 por mês) e o auxílio-creche (R$ 321,00) para quem tem filho pequeno.

PF pretende preencher mais de 1.000 vagas com concurso

O governo também assinala a possibilidade de um novo concurso para a Polícia Federal. Caso o edital seja lançado em dezembro, é provável que a aplicação da prova ocorra em abril de 2021.

Foram solicitadas 1.508 vagas ao Ministério da Economia, sendo mil para carreira policial (delegado, agente, escrivão e papiloscopista, todos de nível superior) e as demais para cargos administrativos. Porém, esse número ainda pode aumentar.

As questões objetivas para agente, escrivão e papiloscopista costumam versar sobre Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Estatística, Legislação e noções de Direito, além dos conhecimentos específicos do cargo. Já a seleção para delegado cobra Criminologia e várias áreas do Direito. Ainda, há as etapas posteriores: redação, exame de aptidão física, avaliação psicológica e prova de títulos.

Saiba mais: 7 dicas para estudar legislação e entender o conteúdo

E não é só isso. Os candidatos a delegado passam por prova oral. Já os postulantes a escrivão devem realizar um teste de digitação.

Os rendimentos iniciais nesse órgão variam conforme a vaga preenchida. Agentes, escrivães e papiloscopistas recebem pelo menos R$ 12.522,50. Delegados, R$ 23.692,74. Servidores deslocados para região de fronteira também ganham R$ 91,00 a mais por dia de trabalho, como forma de indenização.

Quer continuar por dentro das novidades sobre concurso público? Cadastre-se em nossa newsletter! E continue acompanhando o blog do Andresan para outras dicas de estudos. Até a próxima!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.