Home Dicas de Estudo Caminhada pode ajudar nos estudos. A ciência explica!

Caminhada pode ajudar nos estudos. A ciência explica!

226
0
Compartilhe
Caminhada pode ajudar nos estudos. A ciência explica!
Caminhada pode ajudar nos estudos. A ciência explica!

Se a rotina de videoaulas e leituras está muito pesada, talvez seja hora de você calçar os tênis e sair andando por aí. Sério! Meia hora diária de caminhada pode contribuir bastante nos estudos. A medicina e a ciência comprovam.

Quer entender o que a atividade física tem a ver com sua preparação para concurso público? Siga conosco.

Caminhadas estimulam a criatividade

Atenção: nós produzimos este conteúdo em meio à pandemia de Covid-19. Embora incentivemos práticas ao ar livre, também reconhecemos que sair de casa pode ser perigoso. Portanto, se as atividades externas estão permitidas em sua cidade, lembre-se de tomar aqueles cuidados básicos para evitar contágio. Use máscara e mantenha distância de pelo menos 2 metros das outras pessoas. 🙂

Um estudo realizado por pesquisadores da Stanford University, nos Estados Unidos, concluiu que a caminhada pode trazer ganhos à capacidade criativa. No experimento, adultos foram submetidos a um teste conhecido como GAU (Guilford’s Alternate Uses) em diferentes momentos: parados, enquanto caminhavam na esteira ou logo após uma sessão de exercício na rua.

No GAU, o indivíduo observa a figura de um objeto com sua respectiva descrição. Por exemplo, “jornal – utilizado para ler as notícias do dia”. Em seguida, tem um tempo determinado para listar pelo menos seis usos alternativos para a coisa. No caso, “fazer fogo para churrasco”, “limpar fezes de cachorro” etc. O objetivo é avaliar a originalidade das respostas e a flexibilidade do cérebro.

Conforme os cientistas observaram, os caminhantes apresentaram resultados muito melhores, em comparação a quem permaneceu sentado. Os estímulos da caminhada ao ar livre também se mostraram superiores ao da prática na esteira ergométrica.

Segundo artigo publicado pelos autores no Journal of Experimental Psychology, essa atividade física “abre o fluxo livre de ideias, sendo uma solução simples e robusta para elevar a criatividade”. Não é à toa que muitos escritores saiam para dar umas voltinhas quando estão no processo de produzir um novo romance. Imagine os benefícios que o hábito pode trazer às suas redações!

Exercício aeróbico traz benefícios ao cérebro

Tá achando este papo abstrato demais? Pois lembre-se de que a caminhada é um exercício aeróbico. Como tal, promove o aumento da concentração e fortalece o corpo para encarar longas horas de prova.

Isso acontece porque a atividade física eleva a circulação sanguínea no corpo inteiro, inclusive no cérebro. Assim, os neurônios se comunicam melhor e criam novos neurotransmissores.

Essas substâncias, por sua vez, são responsáveis por recuperar estruturas cerebrais danificadas. Elas também estimulam o crescimento de dentritos, as extensões que interligam as células do sistema nervoso. Resumindo, o exercício faz sua cabeça trabalhar melhor.

Como se não bastasse, a caminhada ainda libera hormônios que causam sensação de bem-estar. Isso reduz a ansiedade e proporciona noites de sono mais agradáveis. E, já falamos aqui no blog, dormir bem é essencial para memorizar o conteúdo que estudamos.

E então, que tal largar a apostila por uns minutos e se mexer? Nós temos certeza de que os resultados serão incríveis!

Esperamos que o post de hoje tenha sido útil para você. Continue de olho no blog do Andresan – Cursos & Concursos para conferir mais dicas de preparação para as provas. Até breve!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.