Home Cursos e Concursos 5 motivos para estudar Português para concurso público

5 motivos para estudar Português para concurso público

124
0
Compartilhe

Direito e Legislação Pública têm fama de difíceis – e, talvez por isso, ganhem mais atenção dos candidatos. Mas esses não são os únicos conhecimentos cobrados em concurso. Se você está se preparando para a carreira pública, precisa estudar Língua Portuguesa.

Sim, as regras de gramática podem fazer a diferença entre a aprovação imediata e o cadastro reserva. Abaixo, listamos cinco razões para você se dedicar com mais carinho à nossa língua-mãe. Confira!

Português é a base para compreender as demais disciplinas

Quem já passou por outros certames conhece bem a importância da interpretação de texto. Pense numa prova de Legislação, por exemplo. Mais que decorar os artigos da lei, é necessário saber como eles se aplicam à realidade. Isso significa que você deverá ler o enunciado, refletir sobre o caso e encontrar uma solução adequada.

Muita gente tem dificuldade nessa etapa. Ao tropeçar no português, a pessoa tira conclusões erradas e acaba não entendendo como resolver a questão. O mesmo acontece nas perguntas de Matemática, Informática e outros conhecimentos específicos.

Todo concurso cobra Língua Portuguesa

Essa é uma matéria básica. Não importa se você busca um cargo de nível médio ou nível superior: a provinha de Português sempre estará lá. Portanto, se ainda não sabe qual concurso prestar, comece estudando essa disciplina curinga.

Claro que a importância da Língua Portuguesa varia. Algumas bancas pedem mais questões que outras. O peso do resultado para o cálculo final da nota também muda. De todo modo, no fim das contas, uma resposta certa a mais pode fazer a diferença entre a aprovação e a eliminação na fase teórica.

Gramática e concordância têm muitas regras

Embora todo mundo utilize o mesmo idioma para se comunicar, existe uma diferença entre a fala coloquial e a chamada norma-padrão. Essa última é ditada pelas regras da gramática normativa. Acentuação de palavras, colocação de pronomes, tempos verbais… Tudo isso segue uma lógica bastante própria e nem sempre intuitiva.

A gente pode até achar que domina bem a língua, pois conjuga os verbos adequadamente e põe as vírgulas no lugar certo. Porém, por via das dúvidas, vale a pena recapitular alguns tópicos. Ou será que você sabe quando usar uma mesóclise?

Português ajuda na comunicação

Há um motivo bem óbvio para estudar a norma-padrão da Língua Portuguesa: ela será útil na sua carreira pública. As atribuições do servidor geralmente envolvem a redação de relatórios, minutas ou correspondências oficiais. Tratam-se de documentos nos quais não há espaço para gírias nem erros de concordância. Escorregar nos regionalismos ou cometer deslizes de grafia são situações que derrubam a credibilidade de uma instituição séria.

As regras da Língua Portuguesa mudaram

O Novo Acordo Ortográfico passou a valer obrigatoriamente em 2016. Ainda assim, tem sujeito que escreve “ideia” com acento agudo ou se esquece do hífen em “micro-ondas”.

Talvez as regras gramaticais que você aprendeu no Ensino Médio estejam desatualizadas. Mais uma razão para se dedicar ao estudo de Português para concurso, não é mesmo?

Conte com o curso EAD do Andresan. Nessas videoaulas, ministradas on-line, você vai ter acesso à resolução de 500 questões comentadas. É uma maneira de aprender na prática e se preparar para os certames mais disputados do Brasil. Bons estudos!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.