Home Cursos e Concursos Oficial de Justiça: os benefícios do cargo mais desejado pelos concurseiros

Oficial de Justiça: os benefícios do cargo mais desejado pelos concurseiros

289
0
Compartilhe

O concurso para Oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) é um dos queridinhos dos estudantes. Para começar, o cargo é de Nível Médio, o que aumenta as possibilidades para quem ainda não completou o Ensino Superior. Além disso, os servidores conquistam benefícios que tornam a carreira pública bastante atrativa.

Quer saber quais são eles? Então continue conosco. Aproveite para conferir, também, dicas de como se preparar para a prova.

Benefícios do cargo de Oficial de Justiça do TJ/RS

O TJ/RS é regido pelo Estatuto e Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos. Trata-se de um conjunto de regras relativas a direitos, deveres e normas de conduta dos concursados. Portanto, ao ingressar nesse órgão, o funcionário passa a conquistar todos os benefícios previstos em lei.

A lista de vantagens começa pela famosa estabilidade do serviço público. Essa é a garantia de que a pessoa permanecerá com vínculo empregatício, independentemente de crises econômicas e políticas.

Porém, vale lembrar que até mesmo servidores estaduais e federais podem ser demitidos, se passaram por processo administrativo ou descumprirem suas atribuições. Ou seja: a permanência no cargo depende da competência e da idoneidade do indivíduo.

E os benefícios do Oficial de Justiça do TJ/RS seguem. O rol inclui:

Plano de carreira, também conhecido como progressão funcional (promoção para uma classe superior na mesma categoria de trabalho);

Gratificações como o auxílio condução e o adicional por risco de vida, que acrescentam um valor à remuneração inicial;

Licença-prêmio de três meses a cada cinco anos trabalhados;

Avanço salarial (adicional de 3% após o triênio de exercício);

Adicional por tempo de serviço (que pode chegar a 25% dos rendimentos para quem completa 25 anos na função);

Abono familiar de 10% para os dependentes previstos no estatuto.

Em acréscimo, há os benefícios similares aos dos trabalhadores de CLT, como auxílio refeição, licença maternidade e aposentadoria, entre outros. Somando isso tudo ao rendimento inicial de R$8.459,60, tem-se aí uma baita oportunidade de carreira, não é mesmo?

Como se tornar Oficial de Justiça do TJ/RS

A única maneira de se efetivar como servidor do Tribunal de Justiça do RS é passando num concurso público. A prova é composta por questões objetivas que versam sobre: Língua Portuguesa; Conhecimentos Específicos de Direito e Legislação; Microinformática.

Muito desse conteúdo não é ensinado na escola. Portanto, você deve investir numa preparação específica.

A primeira dica é consultar o edital do certame para saber quais serão os tópicos cobrados. Em seguida, você pode procurar as provas anteriores para ter uma noção de como são as questões.

Para um estudo ainda mais efetivo, procure um curso preparatório para o concurso do TJ/RS. Aqui no Andresan Cursos & Concursos, nós oferecemos a modalidade extensiva em EAD. São videoaulas de até 30 minutos, que você pode acompanhar a qualquer hora e em qualquer lugar.

Contamos com uma equipe de professores experientes e com material didático qualificado. Você vai ampliar seu conhecimento e ficar mais perto da tão sonhada aprovação.

Quer saber detalhes? Então acesse a página do curso e tire suas dúvidas. Bons estudos!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.