Home Cursos e Concursos É possível estudar para concurso antes do lançamento do edital?

É possível estudar para concurso antes do lançamento do edital?

377
0
Compartilhe

Os candidatos a um processo seletivo têm acesso, por meio da chamada pública, às matérias que serão cobradas na prova. Dessa forma, conseguem organizar a rotina de trabalho e preparar-se para o certame. Porém, é possível estudar para concurso antes mesmo do lançamento do edital. Saiba como.

Por que estudar para concurso antes do lançamento do edital

Um plano de estudos focado se baseia nas matérias que cairão na prova. Por isso, a rigor, é necessário conhecer as exigências da banca para atualizar o conhecimento. Com base nos assuntos discriminados em edital, o concurseiro consegue definir, por exemplo, quantas horas dedicar às leituras e quais disciplinas exigirão mais esforço.

Ocorre que, do lançamento da chamada oficial até a data dos exames, podem-se transcorrer poucas semanas. Não é tempo suficiente para você se preparar de maneira adequada e enfrentar a concorrência. Sendo assim, vale antecipar-se ao calendário.

A maioria dos processos seletivos para órgãos públicos demanda habilidades específicas. Um cargo de oficial de justiça requer noções de legislação. Já um analista judiciário, como não poderia deixar de ser, precisa saber a fundo tópicos do Direito.

Um ou outro detalhe podem mudar, ao longo dos anos, conforme a publicação de normativas e resoluções pertinentes à área. Ainda assim, o conhecimento básico permanece o mesmo. Ou seja: você não precisa aguardar a divulgação oficial do edital.

A partir das chamadas públicas anteriores, já se pode ter um panorama bem claro das disciplinas obrigatórias. Os cursos preparatórios para concursos também trabalham com tópicos recorrentes, que costumam cair na maioria das provas. Dessa forma, a preparação dos candidatos pode começar meses antes. Isso aumenta as chances de aprovação na hora H.

Preparação para concurseiros iniciantes

Como já dito anteriormente, a rotina de estudos ganha foco quando o aluno determina um objetivo. Se a ideia é passar, digamos, para o Ministério Público da União, os esforços irão nesse sentido.

Contudo, nem todo concurseiro tem uma entidade específica em mente. Às vezes, a intenção é apenas trabalhar num órgão que ofereça plano de carreira, estabilidade e salário compatível.

Uma gama maior de opções eleva as chances de a pessoa ser aprovada em algum concurso público. No entanto, pode ser um obstáculo. Devido às particularidades de cada certame, a carga de disciplinas específicas tende a se acumular.

Se você ainda tem dúvidas quanto à carreira pública mais adequada, convém começar pelas matérias elementares. Língua Portuguesa e Direito Constitucional são exigidas pela maioria das bancas brasileiras, independentemente do cargo postulado. Também é comum encontrar provas que prevejam noções de Informática e de Atualidades.

Para processos seletivos de nível superior, os conhecimentos específicos da área são o maior diferencial. O candidato precisa comprovar domínio tanto da teoria quanto de habilidades para a prática do serviço.

Portanto, por mais que você tenha anos de experiência na função, nunca é demais retomar as leituras. Agora, se você tem um perfil acadêmico, não se esqueça de informar-se sobre tendências de mercado.

Entendeu por que é importante estudar para concurso antes mesmo do lançamento do edital? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário com sua sugestão de pauta! E aproveite para acompanhar as atualizações do nosso blog. Fique por dentro das novidades sobre carreira pública e prepare-se para mudar de vida.

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.