Home Fique por dentro Glossário: entenda 18 termos comuns de concursos públicos

Glossário: entenda 18 termos comuns de concursos públicos

388
0
Compartilhe

Se você nunca participou de um concurso público, talvez tenha dificuldade para decifrar o palavreado técnico. Afinal, o que é uma prova de títulos e para que serve o edital? O glossário abaixo serve justamente para eliminar essas dúvidas. A seguir, confira os principais termos relativos ao certame.

1. Ampla concorrência

Os concursos públicos destinam algumas vagas para pessoas com deficiência. As demais são de ampla concorrência, ou seja, abertas a todos os demais candidatos.

2. Banca

É a instituição organizadora do certame. Conhecê-la previamente ajuda na preparação.

3. Cadastro de reserva

Nem sempre os aprovados na prova começam a trabalhar imediatamente. Isso acontece porque não há cargos a serem preenchidos no momento. Então, o órgão público cria uma espécie de banco de talentos e vai chamando os selecionados, por ordem de classificação, conforme surjam novas vagas.

4. Caráter classificatório

Nas etapas de caráter classificatório, a nota obtida define a ordem de classificação dos candidatos. Quanto mais alta a pontuação, mais bem posicionada a pessoa fica na lista.

5. Caráter eliminatório

São as exigências mínimas para passar à próxima fase. Se o candidato não atinge os requisitos, é automaticamente desclassificado.

O teste de aptidão física das corporações militares costuma ser de caráter eliminatório. Ele não interfere na classificação geral.

6. Caráter eliminatório e classificatório

Algumas provas de concursos públicos são mistas, pois mantêm uma linha de corte. Por exemplo, você deve acertar pelo menos 50% das questões para figurar na lista de classificação. Abaixo disso, usa-se o critério eliminatório.

7. Conteúdo programático

São todos os assuntos cobrados na prova, divididos por matérias ou áreas de conhecimento. Essas informações constam no edital.

8. Curso de formação

Em alguns casos, candidatos aprovados em fases anteriores devem se submeter a um treinamento. A avaliação final, de caráter eliminatório, atestará que a pessoa está apta a exercer sua função.

9. Edital

Trata-se do documento no qual constam todas as regras do concurso público. O texto informa prazos de inscrição, formato da prova, vagas a serem preenchidas e outras informações importantes. É possível encontrá-lo no site da banca organizadora.

10. Homologação

Ao final do processo seletivo, a autoridade responsável deve homologá-lo, isto é, aprová-lo. Somente então o gabarito final e a lista de classificados podem ser divulgados. A data de homologação também dá início à contagem do prazo de validade do concurso.

11. Investigação social

Comum em entidades como a Polícia Rodoviária Federal, essa etapa existe para verificar a conduta do candidato. Pode envolver entrevistas com parentes, amigos e conhecidos.

12. Nomeação

É a publicação, no Diário Oficial da União, divulgando que a pessoa aprovada no certame teve seu cargo oficializado. A nomeação não precisa ser comunicada por telefonema ou e-mail. Portanto, é importante acompanhar o DOU diariamente.

13. Posse

Após a nomeação, existe um prazo de 30 dias para a realização de exames médicos e a apresentação de alguns documentos. Geralmente, são diplomas e atestados que comprovem os requisitos necessários para preencher o cargo. Enfim, o indivíduo pode assumir seu trabalho como servidor público.

14. Prazo de validade

É o tempo de vigência do concurso. Se a validade for de dois anos, os aprovados poderão ser nomeados a qualquer momento nos 24 meses seguintes. Segue-se a ordem da lista de classificação.

15. Prova de títulos

Diplomas de pós-graduação e artigos científicos publicados são considerados títulos. Esses itens valem pontos, que são somados à nota da prova teórica para fins de classificação.

16. Recurso

Uma vez divulgado o gabarito inicial, os participantes têm um prazo para solicitar revisão de questões da prova. O edital informa as datas e as regras para esse pedido.

Cabe à banca julgar a validade dos recursos e, se for o caso, retificar a resposta certa ou mesmo anular a questão. A mudança vale para todos os candidatos, podendo alterar a lista de classificação.

Findo o período para a apresentação de recursos, divulga-se o gabarito final (se houver alteração) e pode-se homologar o certame.

17. Sindicância da vida pregressa

A banca analisa se o sujeito tem bons antecedentes. Para tanto, costuma-se apresentar certidões negativas criminais das justiças Federal, Estadual e Eleitoral.

18. Teste de aptidão física

Avalia a resistência e a força física da pessoa, de acordo as exigências para a atividade profissional. As provas, de praxe para quem ingressa na polícia, podem incluir corrida, natação, flexões e outros exercícios.

Tirou suas dúvidas? Quer saber mais sobre concurso público? Então não perca as novidades do nosso blog!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.