Home Dicas de Estudo O poder da meditação na vida profissional

O poder da meditação na vida profissional

5320
0
Compartilhe

A meditação pode ser uma importante aliada de sua vida profissional. Essa prática, que consiste em esvaziar a mente, funciona como uma faxina nos pensamentos. Sem excesso de preocupações, sobra espaço para você se concentrar no momento presente e trabalhar com mais produtividade.

A rotina de estudos para concurso público também pode melhorar com a meditação. E nem é preciso investir muitas horas do dia na atividade. Quer saber mais? Então siga a leitura!

Benefícios da meditação para a carreira

Um dos maiores benefícios proporcionados por esse hábito milenar é a clareza mental. Imagine seu cérebro como um grande armário onde são guardados os desejos, as memórias e as preocupações. Meditar seria como colocá-los em suas respectivas prateleiras, de modo que tudo ficasse mais organizado.

Sabendo o lugar de cada angústia, cada meta e cada desafio, você consegue entender melhor suas prioridades. Ou seja: para de sofrer pelo futuro e passa a se dedicar mais às questões do dia a dia.

A meditação colabora para o praticante frear os impulsos emocionais. A ansiedade diminui, o que é bom para tomar decisões mais acertadas. Isso ocorre porque desacelerar o ritmo da mente exige esforço, ou melhor, concentração. Aí, quando o sujeito põe as energias numa atividade específica, fica livre das inquietações que embaralham o raciocínio.

Tamanha serenidade abre caminho para novas ideias. A criatividade aflora e a produtividade aumenta, pois o pensamento se torna mais ágil.

Sem essa “manutenção” do cérebro, a cabeça fica abarrotada de informações confusas, desconexas. O cansaço vai gerando queda no rendimento, perda de memória e esgotamento mental, culminando em problemas de saúde como estresse e síndrome de burnout.

Por isso, encare a meditação como um investimento em sua carreira. Ela é tão importante quanto as horas dedicadas aos estudos.

Como praticar meditação no dia a dia

Existem diferentes técnicas de meditação para você experimentar. Hoje em dia, até mesmo alguns aplicativos para smartphone ajudam na prática. Não precisa estudar sobre religiões orientais nem acender incenso no escritório: basta tirar uns minutos para o relaxamento.

Comece pela respiração. Ao controlar o ar que entra e sai de seus pulmões, você diminui a frequência cardíaca e a produção de cortisol, o hormônio do estresse.

Feche os olhos e tente inspirar devagar. Quando o diafragma estiver cheio, prenda a respiração por alguns segundos. Em seguida, solte o ar com ainda mais calma.

Enquanto você repete o procedimento, procure concentrar-se apenas no ato da respiração. Não pense em mais nada. Claro que imagens e memórias vão passar pela sua cabeça, mas não se fixe nelas. Deixe-as ir e vir.

Preste atenção à postura. Acomode-se confortavelmente, de preferência com a coluna ereta. Tanto faz se você se sentar ou preferir permanecer de pé. O importante é sentir-se bem. Se necessário, tire o sapato de salto ou afrouxe o nó da gravata.

Que tal fazer o teste? Se você gostar, pode pesquisar sobre mindfulness e aprofundar esse conhecimento. Outra dica é a meditação ativa, uma modalidade que intercala contemplação com movimentos mais intensos. O que vale é dar uma pausa, recuperar a energia e retomar seus afazeres com todo o gás.

Esperamos que o artigo tenha sido útil. Bom trabalho e até a próxima!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.