Home Dicas de Estudo Técnica Pomodoro – Aumente a produtividade nos estudos

Técnica Pomodoro – Aumente a produtividade nos estudos

737
0
Compartilhe

Existem diversas estratégias para otimizar o tempo e aumentar a produtividade nos estudos. Uma das mais conhecidas é a técnica Pomodoro. Ela consiste em intercalar períodos de trabalho intenso com alguns minutos de descanso. Acredite: o resultado pode ser surpreendente. Vamos conhecer melhor esse método?

Como funciona a técnica Pomodoro

A técnica Pomodoro foi elaborada em meados dos anos 1980, pelo italiano Francesco Cirillo. A ideia do cara era encontrar um procedimento que ajudasse o cérebro a eliminar distrações, melhorando, assim, a realização das tarefas.

Após alguma pesquisa, Cirillo se deu conta de que pequenos blocos de tempo funcionavam melhor que longas horas de trabalho. Ele utilizou um cronômetro de cozinha em formato de tomate (“pomodoro”, em italiano) para marcar os intervalos. Veio daí o nome para essa técnica tão difundida entre executivos, profissionais freelancers e, claro, concurseiros.

Para aplicar esse procedimento aos estudos, siga o passo a passo:

  1. Faça uma lista com as matérias que você precisa estudar;
  2. Cronometre 25 minutos, utilizando o alarme do celular ou outro dispositivo;
  3. Comece o trabalho. Durante esse período, conhecido como pomodoro, não interrompa a tarefa. Sim, isso significa sair das redes sociais e deixar o telefone em modo avião para evitar distrações;
  4. Ao fim do primeiro pomodoro, realize uma pausa de cinco minutos. Aproveite esse tempinho para tomar um café, caminhar pela casa ou alongar-se;
  5. Repita a operação, dando início ao segundo tempo de 25 minutos;
  6. Após quatro pomodoros, tire uma pausa mais longa, de meia hora.

Dá para perceber que o método parece bastante rígido, né? Porém, não se assuste. A técnica Pomodoro ajuda a exercitar a disciplina, mantendo você no foco do que precisa ser feito. Além disso, como prevê momentos de descanso, serve para avançar no cronograma de estudos sem comprometer a saúde.

Técnica Pomodoro não faz milagres

Em linhas gerais, adotar a técnica Pomodoro traz vantagens. A primeira delas é que você consegue controlar a ansiedade, evitando a procrastinação. Ora, qualquer um consegue passar 25 minutos sem responder às mensagens do Whatsapp!

Esse recurso também ajuda a perceber quanto tempo é necessário para uma tarefa. Talvez ler um capítulo da apostila demande dois ou três pomodoros. Já a resolução dos exercícios, quem sabe, possa ser feita numa única etapa.

Só que a preparação para concurso público exige tipos diferentes de esforço. Pegue o exemplo da redação. Uma produção textual razoável costuma exigir mais tempo do candidato. Interromper a escrita a cada meia hora seria contraproducente, pois, uma vez que se perde o fio da meada, retomar a linha de raciocínio fica bem complicado.

Outra questão são os simulados. Uma prova mais longa leva até cinco horas ininterruptas. O concurseiro precisa estar preparado para encarar esse desafio sem pausas.

Ou seja: a técnica Pomodoro pode funcionar em alguns momentos de estudo, mas não se aplica a todas as situações. Que tal experimentá-la para ver como você se adapta ao ritmo do cronômetro? Não se esqueça de deixar um comentário neste post contando-nos se a produtividade aumentou!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.