Home Dicas de Estudo Por que a atividade física deve fazer parte da rotina de estudos

Por que a atividade física deve fazer parte da rotina de estudos

3407
0
Compartilhe

Há um ditado em latim que afirma: mens sana in corpore sano. A tradução é autoexplicativa. Para a mente estar saudável, é necessário que o corpo também esteja. Por isso, a atividade física deve fazer parte da sua rotina de estudos.

Benefícios da atividade física para os estudos

Diversas pesquisas indicam a importância dos exercícios aeróbicos para o bom funcionamento do cérebro. Durante o treino, aumenta a circulação sanguínea e, consequentemente, o transporte de oxigênio para os órgãos. Esse elemento atua na respiração celular, sendo essencial para fornecer energia.

Dentro da nossa cabeça, as reações químicas são ainda mais impressionantes. A atividade física tem a capacidade de melhorar a comunicação entre os neurônios. Isso acontece porque o organismo produz neurotransmissores com a proteína BDNF. A substância recupera células cerebrais danificadas e estimula o crescimento dos dendritos, as extensões que transmitem os estímulos nervosos.

Como resultados, têm-se um funcionamento cerebral mais ágil e uma memória afiada. Sem contar a melhora nos reflexos e a redução do estresse, outros benefícios de quem leva uma vida ativa. Com os níveis de serotonina e de cortisol regulados, a pessoa fica mais tranquila e atenta. Essa característica pode significar uma rotina de estudos focada, com rendimento acima da média.

Como incluir exercícios aeróbicos na rotina

Você não precisa ser um atleta de alto rendimento para aproveitar as vantagens da atividade física. Bastam sessões de 30 minutos de exercícios aeróbicos, três vezes por semana, para que o seu corpo e a sua mentem sintam a diferença.

A modalidade escolhida dependerá das suas preferências. Pode ser corrida, natação, ciclismo, dança ou qualquer outro esporte que lhe mantenha em movimento.

O mais importante é respeitar os próprios limites. Portanto, procure uma academia ou um professor de Educação Física antes de começar a rotina de treinos. Será preciso passar por uma avaliação médica, atestando que você se encontre em condições de caminhar na esteira ou pedalar a bicicleta ergométrica sem danos à saúde.

Nos primeiros dias, talvez o organismo estranhe. A adaptação leva algum tempo, mesmo. Experimente praticar a atividade em diferentes horários para ver qual período do dia é mais adequado ao seu ritmo biológico. Tem quem prefira correr logo de manhã para “dar um gás” antes da jornada. Já outras pessoas reservam a noite aos exercícios, pois sentem-se mais relaxadas e prontas para dormir, depois.

Seja matutino, seja noturno, seu tempo dedicado ao corpo deve ser um compromisso. Inclua-o no cronograma semanal, como parte integrante do plano de estudos. Afinal, todo bom concurseiro sabe que leituras e simulados não funcionam sem as pausas para o descanso. É imprescindível recuperar a energia para encarar um novo turno entre apostilas e cadernos.

Lembre-se, ainda, de alimentar-se corretamente. Um cardápio balanceado, rico em fibras e laticínios, garante saciedade sem pesar demais no estômago. Dessa forma, você mantém o pique na preparação para o próximo concurso.

Está esperando o que para incluir a atividade aeróbica no seu plano de estudos? Deixe um comentário e conte-nos qual modalidade é a sua favorita!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.