Home Fique por dentro PRF abrirá concurso no primeiro semestre de 2018

PRF abrirá concurso no primeiro semestre de 2018

4467
0
Compartilhe

O edital já está em fase de elaboração e deve ser publicado ainda no primeiro semestre de 2018. A previsão é que sejam oferecidas 500 vagas para o cargo de policial rodoviário, numa tentativa de suprir as lacunas da corporação.

Segundo Borges, a carência de pessoal deve chegar a 4,8 mil profissionais até o fim do ano. Isso se deve, principalmente, à aposentadoria de servidores com mais tempo de casa. O preenchimento dos postos em aberto visa a evitar um colapso na segurança das estradas brasileiras.

Atribuições da Polícia Rodoviária Federal

Esse órgão tem a responsabilidade de fiscalizar e patrulhar as rodovias do país. Realizam-se atividades operacionais, policiamento ostensivo e atendimento a vítimas de acidentes, entre outras funções.

Para tanto, os integrantes do efetivo devem ter carteira de habilitação (categoria B) e formação superior em qualquer área acadêmica. Os aprovados no concurso público realizam uma jornada semanal de 40 horas de trabalho.

O salário inicial de um servidor da PRF, atualmente, fica em R$ 9.931,57, já incluído o auxílio-alimentação de R$ 458. Para 2019, prevê-se um reajuste que elevará os rendimentos mensais a R$ 10.357,88. Esses valores estão discriminados na lei nº 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016.

A categoria também conta com progressão de carreira. Nas somas atuais, um policial rodoviário federal de classe especial III pode ganhar mais de R$ 16 mil por mês.

Como se preparar para o concurso da PRF

O último concurso da PRF ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. Na época, registrou-se 109.769 inscritos para as mil vagas em disputa.

A prova contava com 120 questões objetivas, divididas em duas partes. As 50 perguntas de conhecimentos básicos contemplaram Língua Portuguesa, Matemática, Direito Constitucional, Ética e Informática. Já as 70 de conhecimentos específicos abrangeram Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, legislação específica, Direitos Humanos e Física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.

Além disso, foi solicitada uma redação de até 30 linhas. O tema era o crime de contrabando e suas consequências, tanto para a economia nacional quanto para a saúde pública.

O edital previa, após essa etapa classificatória, uma série de testes eliminatórios. Foram eles o exame de capacidade física, a avaliação de saúde, a avaliação psicológica e a investigação social. Essa prática é comum em certames do gênero, pois atesta que o candidato tem condições físicas, mentais e morais para exercer o cargo.

No caso da Polícia Rodoviária Federal, o processo seletivo de 2013 contou, por fim, com uma avaliação de títulos. Nessa fase, de caráter classificatório, estabeleceu-se uma pontuação para quem apresentasse diplomas de pós-graduação e experiência profissional no sistema de Segurança Pública.

Embora a chamada oficial para o concurso público da PRF 2018 ainda não tenha saído, você não precisa perder tempo. As disciplinas, especialmente as específicas, demandam alguns meses de estudo, então é melhor preparar-se desde já.

Entre em contato com o Andresan – Cursos & Concursos e conheça nossas opções de aulas presenciais e EAD. Com uma formação de qualidade, você estará bem mais perto da aprovação.

Vai tentar o processo seletivo? Deixe um comentário e conte-nos sobre suas expectativas!

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.