Home Dicas de Estudo Veja como montar um cronograma de estudos

Veja como montar um cronograma de estudos

1567
0
Compartilhe

O cronograma de estudos facilita a rotina de qualquer concurseiro. Essa ferramenta permite ajustar o tempo disponível e melhorar o rendimento. Tudo se resume à organização.

Passo a passo: planeje seu cronograma de estudos

Quem já frequentou cursinhos e salas de prova sabe bem: o sucesso depende de disciplina e comprometimento. A vontade de seguir carreira como servidor, sozinha, não leva ninguém muito adiante. É preciso adquirir conhecimento especializado e demonstrá-lo no papel.

Pode parecer um esforço hercúleo. Às vezes, até é. Ainda bem que, com o esquema a seguir, o desafio se torna bem mais simples. Acompanhe.

1.Agende-se

Observe o calendário. Algumas datas importantes receberão destaque – vale incluí-las na agenda do celular, ou mesmo grifá-las na folhinha da parede.

Os prazos máximos para inscrições e pagamento de taxas devem ser respeitados. Porém, obviamente, o dia da prova é o principal. O intervalo de tempo até o concurso servirá de base para sistematizar os estudos. Quanto maior a antecedência, melhor.

2.Organize a rotina

Cada pessoa tem um ritmo de aprendizagem diferente. Por isso, a quantidade de horas destinadas às leituras e aos exercícios varia conforme as habilidades do candidato. Seja como for, o importante é destinar um período fixo para a tarefa, como se fosse um turno de trabalho.

O melhor horário também depende da situação. Tem gente que prefere estudar de manhã. Outros batem ponto das 9h às 17h e precisam reservar a noite para esses afazeres.

3.Eleja as prioridades

Dependendo de sua trajetória acadêmica, algumas disciplinas serão mais difíceis que outras. Se você nunca leu sobre Direito Constitucional na vida, talvez precise de umas semanas a mais para compreender o conteúdo. Caso Língua Portuguesa seja o ponto fraco, priorize interpretação de texto e regras gramaticais.

Um erro comum de muitos concurseiros é pesquisar apenas sobre temas de interesse pessoal. Não caia nessa armadilha. Todas as matérias demandam dedicação.

4.Abra espaço para revisões

O estudo ativo é a maneira mais eficaz de construir conhecimento. A prática vai além da leitura de apostilas: é necessário resumir os capítulos com as próprias palavras, realizar simulados e, de tempos em tempos, revisar o material.

O cronograma de estudos deve prever esses momentos. Pode-se pensar numa sessão rápida de revisão, sempre ao fim da jornada diária. Uma vez por semana, realiza-se a retomada dos assuntos vistos até ali. O mesmo se faz no fim de cada mês.

A semana anterior à prova pode ser dedicada apenas às revisões. Eis uma forma de refrescar ainda mais a memória.

5.Divirta-se

O ócio também faz parte da preparação para concursos públicos. Intervalos dedicados ao lazer ou, simplesmente, ao descanso ajudam a limpar a mente e a recuperar as energias. É como uma viagem aérea ao Japão: a distância exige pausas para abastecer a aeronave.

Certifique-se de que o planejamento inclua tempo suficiente para as refeições, as séries favoritas e – muito importe – as atividades físicas. Sua produtividade aumentará.

Agora que você já sabe como fazer um cronograma de estudos, não deixe de conferir as novidades do nosso blog. Fique por dentro de todas as dicas sobre preparação para concurso público.

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.