Home Dicas de Estudo Por que ganhar experiência em concursos é importante?

Por que ganhar experiência em concursos é importante?

1124
0
Compartilhe

Imagine a cena: você acorda cedo, chega com antecedência ao local da prova e já encontra corredores lotados de candidatos. Dá um friozinho na barriga só de pensar na quantidade de competidores para uma única vaga. Porém, vale lembrar que muita gente está lá apenas para ganhar experiência em concursos.

O hábito não apenas é compreensível, como também recomendado. Participar de alguns processos seletivos é importante para testar habilidades e, principalmente, para perder o nervosismo. Porém, não adianta se inscrever em qualquer exame. Assim como na rotina de estudos, é preciso ter método e foco.

Experiência em concursos públicos é uma questão de tempo

Um fator determinante para a aflição de muitos concurseiros é o relógio. O tempo máximo para responder às questões e entregar o gabarito mexe com as emoções. Às vezes, parece impossível vencer todas as páginas do caderno de perguntas, ainda mais se o conteúdo estiver muito difícil.

Quanto mais os ponteiros avançam, mais ansiosos ficam os retardatários. Então, concentrar-se vira uma tarefa complicada e as chances de erro aumentam.

É para isso que existem os simulados de concursos, evidentemente. Ocorre que estudar em casa, mesmo com cronômetro correndo, é mais confortável. O cenário muda bastante quando você sai do quarto e vai parar numa classe escolar, com adultos em silêncio e um fiscal de sala circulando entre as carteiras.

Por isso, vale a pena reconhecer o terreno antes de inscrever-se no processo seletivo dos seus sonhos. Quem aposta na classificação precisa ter confiança de que entrou em campo para vencer.

Como ganhar experiência em concursos

Submeter-se a um exame apenas pela experiência também é um meio de avaliar as suas potencialidades. Você obtém uma dimensão concreta do próprio conhecimento e verifica a capacidade de responder perguntas sob pressão.

Todo treino é válido, mas, se há um cargo ou um setor público específico na mira, não adianta gastar energia à toa. Esse erro pode acontecer, por exemplo, se a avaliação demandar conhecimentos específicos muito distantes da sua área de formação.

Verifique no edital se as disciplinas cobradas são as mesmas que você já vem estudando. Desse modo, é possível sentir o nível de exigência de concursos semelhantes ao que você pretende realizar.

Se o resultado for ruim, reforce as horas junto às apostilas. Se for bom, é porque você está no caminho certo.

Um último conselho diz respeito aos gastos com essa empreitada. Não se pode ignorar que todo processo seletivo gera custos com taxa de inscrição, transporte e material. Sem contar as manhãs e tardes inteiras, geralmente aos domingos, em que se abre mão do descanso para encarar a missão.

Caso seu objetivo de vida realmente seja tornar-se um servidor público, é possível interpretar essas despesas todas como um investimento. Agora, se você resolveu tentar a carreira por pressão da família ou porque não sabe muito bem o que quer do futuro, melhor repensar as suas escolhas.

Gostou das dicas? Então aproveite e conte para nós o que você tem feito para ganhar experiência em concursos! E não deixe de conferir outras novidades aqui no blog.

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter.